Autor: jossan620

28 Abr 2020
Software PHC WEB - Campanha

POTENCIE A MOBILIDADE DO SEU NEGÓCIO COM A OFERTA DO PHC CS Web

Quer trabalhar a partir de casa? Ou estar num cliente poder pegar no seu telemóvel e consultar alguma informação, como por exemplo o Conta-Corrente do seu cliente, no seu software PHC? Ou ainda, prestar uma assistência no seu cliente e através de um telemóvel ou tablet registar o relatório técnico da intervenção, dar saída de material e ainda permitir que o seu cliente assine a intervenção?

Com o PHC WEB isso é possível!

Tenha o seu ERP PHC Online e potencie a Mobilidade do seu negócio, porque hoje mais do que nunca sabemos que é necessário ter o seu negócio sempre à mão com a gestão e controlo da sua empresa à distância de um clique.

A pensar nisso, até ao próximo dia 27 de maio, aproveite a oferta PHC CS Web e usufrua de 50% de desconto na aquisição de mais utilizadores dos módulos Gestão, Contabilidade, Imobilizado, Suporte, CRM, Vencimentos, Colaborador e PHC CS Equipa Web.

MODULOS PHC WEB

O PHC CS Web está preparado e pensado para o ajudar assegurando-lhe:

Quer trabalhar a partir de casa? Ou estar num cliente poder pegar no seu telemóvel e consultar alguma informação do seu ERP PHC? Ou ainda, prestar uma assistência no seu cliente e através de um telemóvel ou tablet registar o relatório técnico da intervenção, dar saída de material e ainda permitir que o cliente assine a intervenção? Com o PHC WEB isso é possível!

Tenha o seu ERP PHC Online e potencie a Mobilidade do seu negócio, porque hoje mais do que nunca sabemos que é necessário ter o seu negócio sempre à mão com a gestão e controlo da sua empresa à distância de um clique.

A pensar nisso, até ao próximo dia 27 de maio, aproveite a oferta PHC CS Web e usufrua de 50% de desconto na aquisição de mais utilizadores dos módulos Gestão, Contabilidade, Imobilizado, Suporte, CRM, Vencimentos, Colaborador e PHC CS Equipa Web.

MODULOS PHC WEB

O PHC CS Web está preparado e pensado para o ajudar assegurando-lhe:

Liberdade para gerir em qualquer lugar.

Ferramentas, arquivos, dados e tudo o que precisa para ser funcional. Tudo isto disponível em qualquer dispositivo de formar simples e segura.

Simplificação de processos e resposta às obrigações legais.

Total controlo do seu negócio.

Descubra já como o Sistema ERP Online da PHC Software se pode adaptar às necessidades do seu negócio.

Peça já uma demonstração e veja, remotamente, o software em ação.



Descubra já como o Sistema ERP Online da PHC Software se pode adaptar às necessidades do seu negócio.

Peça já uma demonstração e veja, remotamente, o software em ação.



03 Abr 2020
Parceiro PHC - Premio excellence partner award

PRÉMIO PHC EXCELLENCE PARTNER AWARD

No evento PHC Open Minds deste ano recebemos o prémio Excellence Partner Award. Fomos premiados por sermos o parceiro PHC com a melhor classificação NPS (Net Promoter Score) ou seja o parceiro com clientes mais satisfeitos.
Esta distinção reflete o reconhecimento do excelente trabalho que temos vindo a desenvolver para satisfazer as necessidades dos nossos clientes.

É por eles que nos dedicamos todos os dias e agradecemos a cada cliente este prémio.

Fiquem com um pequeno excerto do vídeo PHC Open Minds!

18 Mar 2020
Software PHC - Assistência tecnica covid19

NÃO DEIXE A SUA EMPRESA SER AFETADA PELO COVID19

Face aos últimos acontecimentos que se vivem em Portugal sobre o coronavírus, a partir de terça-feira dia 17-03-2020, a maior parte dos nossos colaboradores passam para teletrabalho.
Consideramos que é nossa responsabilidade cívica e empresarial, perante a situação actual, eliminar o contacto físico desnecessário e reduzir os riscos sociais de propagação do vírus. Depois das medidas anunciadas pelo governo, as empresas devem ir mais longe e tomar medidas de precaução, indo para além do que são obrigadas legalmente.
Esta é a nossa responsabilidade perante a sociedade e que deve colocar a segurança, não só de quem connosco trabalha, mas de todos, acima de qualquer prioridade. Tudo faremos para combater o vírus. Este é um momento importante da nossa história e é importante que estejamos todos unidos.
Temos de o fazer de forma responsável, sem colocar em causa o nosso futuro. Foi por isso que tomámos esta medidas que consideramos adequadas a data atual.
Relembramos os meios que estão ao seu dispor para nos contactar que se mantêm inalteráveis.

Telefone geral: 256 310 110

 

Departamento Técnico:

César Rodrigues: cesar.rodrigues@solunext.pt | 915 335 865
Hélder Silva: helder.silva@solunext.pt | 915 335 866
Carlos Santos: carlos.santos@solunext.pt | 915 335 864
José Portugal: jose.portugal@solunext.pt | 910 763 333
Nuno Teixeira: nuno.teixeira@solunext.pt | 915 224 931
Rafael Silva: rafael.silva@solunext.pt | 915 224 930

Departamento Comercial:

José Santos: j.santos@solunext.pt | 919 747 676
Pedro Mota: pedro.mota@solunext.pt | 915 335 863
Daniela Brandão: daniela.brandao@solunext.pt | 933 651 479

Relembramos que o Plano Contingência anteriormente enviado continuará natualmente ativo até indicação contrária.

Face aos últimos acontecimentos que se vivem em Portugal sobre o coronavírus, a partir de terça-feira dia 17-03-2020, a maior parte dos nossos colaboradores passam para teletrabalho.
Consideramos que é nossa responsabilidade cívica e empresarial, perante a situação actual, eliminar o contacto físico desnecessário e reduzir os riscos sociais de propagação do vírus. Depois das medidas anunciadas pelo governo, as empresas devem ir mais longe e tomar medidas de precaução, indo para além do que são obrigadas legalmente.
Esta é a nossa responsabilidade perante a sociedade e que deve colocar a segurança, não só de quem connosco trabalha, mas de todos, acima de qualquer prioridade. Tudo faremos para combater o vírus. Este é um momento importante da nossa história e é importante que estejamos todos unidos.
Temos de o fazer de forma responsável, sem colocar em causa o nosso futuro. Foi por isso que tomámos esta medidas que consideramos adequadas a data atual.
Relembramos os meios que estão ao seu dispor para nos contactar que se mantêm inalteráveis.

Telefone geral: 256 310 110

 

Departamento Técnico:

César Rodrigues:
cesar.rodrigues@solunext.pt | 915 335 865
Hélder Silva:
helder.silva@solunext.pt | 915 335 866
Carlos Santos:
carlos.santos@solunext.pt | 915 335 864
José Portugal:
jose.portugal@solunext.pt | 910 763 333
Nuno Teixeira:
nuno.teixeira@solunext.pt | 915 224 931
Rafael Silva:
rafael.silva@solunext.pt | 915 224 930

Departamento Comercial:

José Santos:
j.santos@solunext.pt | 919 747 676
Pedro Mota:
pedro.mota@solunext.pt | 915 335 863
Daniela Brandão:
daniela.brandao@solunext.pt | 933 651 479

Relembramos que o Plano Contingência anteriormente enviado continuará natualmente ativo até indicação contrária.

05 Nov 2019

CONHEÇA AS PRINCIPAIS NOVIDADES DA VERSÃO 26 DO PHC

Empresas mais preparadas para uma gestão/desafios do dia a dia . A versão 26 traz-lhe mais mobilidade e uma melhor experiência no seu dia a dia, com mais possibilidades em web e uma maior conetividade com o exterior.

Vamos conhecer as novidades desta nova versão.

MAIOR RAPIDEZ A INSCREVER COLABORADORES NA SEGURANÇA SOCIAL

Comunicar a admissão de novos funcionários à segurança social é agora mais fácil pois pode fazê-lo diretamente do software, via webservice no local e hora que mais lhe convier.

MAIOR RAPIDEZ A INSCREVER COLABORADORES NA SEGURANÇA SOCIAL

Comunicar a admissão de novos funcionários à segurança social é agora mais fácil pois pode fazê-lo diretamente do software, via webservice no local e hora que mais lhe convier.

MAIS FACILIDADE NA EMISSÃO DE FATURAS ELETRÓNICAS

É possível responder eficazmente à nova Diretiva Europeia através de qualquer formato eletrónico, seja ele o formato UBL 2.1, o formato UBL 2.1 com extensões ou outro formato com especificações totalmente distintas adotado pelas entidades públicas com as quais mantém contrato.

Clique aqui para saber mais informações sobre a fatura eletrónica

MAIS FACILIDADE NA EMISSÃO DE FATURAS ELETRÓNICAS

É possível responder eficazmente à nova Diretiva Europeia através de qualquer formato eletrónico, seja ele o formato UBL 2.1, o formato UBL 2.1 com extensões ou outro formato com especificações totalmente distintas adotado pelas entidades públicas com as quais mantém contrato.

Clique para saber mais informações sobre a fatura eletrónica

INTEGRAÇÃO COM O VIES

Mais rapidez no processo administrativo ao registar novos clientes, pois beneficia da possibilidade de ter os respetivos dados automaticamente preenchidos sempre que o número de contribuinte esteja registado na base de dados do VIES.

INTEGRAÇÃO COM O VIES

Mais rapidez no processo administrativo ao registar novos clientes, pois beneficia da possibilidade de ter os respetivos dados automaticamente preenchidos sempre que o número de contribuinte esteja registado na base de dados do VIES.

MELHOR EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE TAXFREE

Agora pode ver-se livre da carga administrativa associada ao reembolso do IVA em compras feitas por clientes estrangeiros com residência fora da UE, beneficiando de novos automatismos no processo de TaxFree com a Global Blue que garantem ainda maior rapidez e personalização do processo de reembolso.

MELHOR EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE TAXFREE

Agora pode ver-se livre da carga administrativa associada ao reembolso do IVA em compras feitas por clientes estrangeiros com residência fora da UE, beneficiando de novos automatismos no processo de TaxFree com a Global Blue que garantem ainda maior rapidez e personalização do processo de reembolso.

INTEGRAÇÕES DE MOVIMENTOS REFERENTES A VENCIMENTOS NA CONTABILIDADE

Ganhe celeridade na gestão do processamento de vencimentos ao fazer a integração dos movimentos associados, quer seja de recibos de ordenados, pagamentos de contribuições, recibos de outros vencimentos, recibos diversos e/ou transferências bancárias,  na contabilidade, onde e quando quiser.

MAIS LIBERDADE A CALCULAR O VALOR A PAGAR À SAÍDA

Em PHC Cs Web, é possível calcular os valores a pagar à saída, a partir da ficha do funcionário onde basta selecionar o nome do colaborador e preencher a data de saída, que o software vai encarregar-se do cálculo das remunerações fixas e compensações a pagar em conformidade com a Lei n.º69/2013.

MAIS LIBERDADE A CALCULAR O VALOR A PAGAR À SAÍDA

Em PHC Cs Web, é possível calcular os valores a pagar à saída, a partir da ficha do funcionário onde basta selecionar o nome do colaborador e preencher a data de saída, que o software vai encarregar-se do cálculo das remunerações fixas e compensações a pagar em conformidade com a Lei n.º69/2013.

GESTÃO DE CORRESPONDÊNCIA ONDE E QUANDO QUISER

Acabar com os arquivos infindáveis em papel e transforma-los em documentos eletrónicos classificados de acordo com os critérios específicos e acessíveis a todos. Criar workflows associados aos registos que entram no sistema e garantir que todos os procedimentos são cumpridos on timing por todos os intervenientes envolvidos no processo.

GESTÃO DE CORRESPONDÊNCIA ONDE E QUANDO QUISER

Acabar com os arquivos infindáveis em papel e transforma-los em documentos eletrónicos classificados de acordo com os critérios específicos e acessíveis a todos. Criar workflows associados aos registos que entram no sistema e garantir que todos os procedimentos são cumpridos on timing por todos os intervenientes envolvidos no processo.

PHC CS AUTENTICADO COM SELO DE VALIDAÇÃO AT

Conhecemos as vantagens relativas à utilização de uma aplicação de contabilidade autenticada com este selo, e apesar do carácter opcional do mesmo, o PHC CS é, oficialmente, nesta versão 26, um software autenticado com selo SVAT, garantia de que está preparado para produzir e exportar o SAF-T(PT) da Contabilidade, em termos de estrutura e conteúdo, de acordo com o esperado pela Autoridade Tributária (AT).

Clique aqui para saber mais informações sobre o Selo de Validação da AT (SVAT)

PHC CS AUTENTICADO COM SELO DE VALIDAÇÃO AT

Conhecemos as vantagens relativas à utilização de uma aplicação de contabilidade autenticada com este selo, e apesar do carácter opcional do mesmo, o PHC CS é, oficialmente, nesta versão 26, um software autenticado com selo SVAT, garantia de que está preparado para produzir e exportar o SAF-T(PT) da Contabilidade, em termos de estrutura e conteúdo, de acordo com o esperado pela Autoridade Tributária (AT).

Clique aqui para saber mais informações sobre o Selo de Validação da AT (SVAT)

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO VALORIZADO

Passa a ser possível fazer a comunicação de inventários à AT com inclusão da informação relativa à respetiva valorização de forma rápida e sem complicações.

COMUNICAÇÃO DO INVENTÁRIO VALORIZADO

Passa a ser possível fazer a comunicação de inventários à AT com inclusão da informação relativa à respetiva valorização de forma rápida e sem complicações.

USER EXPERIENCE MELHORADA

A área de pesquisa do PHC CS em web está mais simples e rápida e permite-lhe, enquanto utilizador, aceder à informação que procura mais facilmente e com menos passos.
O processo de alteração de férias também está muito mais intuitivo.

USER EXPERIENCE MELHORADA

A área de pesquisa do PHC CS em web está mais simples e rápida e permite-lhe, enquanto utilizador, aceder à informação que procura mais facilmente e com menos passos.
O processo de alteração de férias também está muito mais intuitivo.

21 Jun 2019

PHC E FATURAÇÃO ELETRÓNICA NO SETOR PÚBLICO

Garanta que está preparado para emitir faturas eletrónicas para a função pública

A União Europeia deu um passo decisivo na desmaterialização das faturas, e para quem emite este tipo de documentos ao abrigo de contratos públicos, esta é já uma realidade ou uma mudança que se aproxima a passos largos.

Além destes organismos para os quais esta medida é obrigatória, o número de entidades e empresas que estão a adotar a faturação eletrónica não para de aumentar e, quanto mais cedo se preparar para este cenário, maiores as vantagens competitivas para o seu negócio, seja pela simplificação do processo de envio de faturas, ou pela redução dos custos inerentes a este processo.
Com o PHC CS Documentos Eletrónicos e PHC On ativo, envie aos seus clientes faturas eletrónicas de acordo com o modelo standard da eSPap – Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, ou opte por incluir informação adicional específica. Este é um processo simples, que lhe vai permitir continuar a emitir e enviar faturas com todas as especificidades que o seu negócio exige.

Esteja preparado e adote a emissão de faturas eletrónicas nas suas vendas.

21 Jun 2019

SELO DE VALIDAÇÃO DA AT (SVAT)

Tudo o que deve saber sobre o Selo de Validação da AT (SVAT)

O Selo de Validação AT surge na sequência da obrigatoriedade das empresas passarem a enviar ao fisco o ficheiro SAF-T(PT) da contabilidade, como forma de garantir a máxima conformidade com os critérios de validação definidos pela AT. E porque os assuntos estão diretamente relacionados, desempenha um papel importante no cumprimento da obrigação declarativa da entrega da IES.

Recuemos a 2007, altura em que foi aprovado o designado SAFT-T (PT), um ficheiro normalizado para exportação de dados, aprovado pela Portaria n.º 321-A/2007, tido como instrumento de obtenção de informação pelos serviços de inspeção. Desde então, a estrutura de dados do ficheiro definida à data, tem vindo a ser adaptada em função de alterações de natureza contabilística e fiscal, tendo incidido, até 2016, essencialmente na melhoria relativa à faturação.

Nesse mesmo ano, a experiência de utilização do SAF-T (PT) evidenciou que a estrutura em vigor era insuficiente para a completa compreensão e controlo da informação relativa à contabilidade, facto que justificou a alteração da estrutura de dados do ficheiro, traduzida na criação de taxonomias – tabelas de correspondência que permitem a caracterização das contas de acordo com o normativo contabilístico utilizado pelos diferentes sujeitos passivos – para simplificar o preenchimento dos anexos A e I da IES (Informação Empresarial Simplificada).

Por esta altura, estará certamente a questionar-se porque é que estamos a falar da IES quando nos propusemos falar do SVAT, mas tem uma razão de ser, que vai ficar a perceber não tarda. Por agora, tempo de continuar a viajar no tempo, em busca do fio condutor que lhe proporcionará uma compreensão geral do tema.

 

Garantir os padrões de qualidade dos ficheiros

 

A utilização crescente de sistemas de processamento eletrónico de dados – nomeadamente para faturação da transmissão de bens e prestações de serviços –, trouxe claras vantagens em termos de celeridade do tratamento da informação, mas introduziu riscos de controlo fiscal, pela possibilidade de adulteração dos dados registados, e potenciou situações de evasão fiscal. A solução encontrada passou pela implementação da obrigatoriedade de certificação prévia dos programas informáticos de faturação (2010), que, em 2017, se estendeu aos sistemas de contabilidade, ainda que, por agora, não de forma obrigatória.

O objetivo foi garantir que os padrões de qualidade já reconhecidos aos ficheiros SAF-T(PT) produzidos por programas de faturação se mantém para os ficheiros SAF-T (PT) produzidos pelos sistemas de contabilidade, e é aqui que entra o Selo de Validação AT, também conhecido por SVAT.

Uma vez que a certificação de programas de contabilidade não estava prevista na Portaria n.º 363/2010 já mencionada – que só define a obrigatoriedade de certificação para os programas de faturação –, e como forma de dotá-los das regras necessárias para a criação e exportação de ficheiros de auditoria SAF-T (PT) com a qualidade desejada para os fins a que se destinam, foi criado o SVAT (Portaria n.º 293/2017).

 

Possíveis vantagens para as empresas

 

De acordo com o despacho n.º 271/2019-XXI, divulgado no dia 6 de julho de 2019, o envio do ficheiro SAF-T(PT) da contabilidade relativo ao exercício de 2019 é obrigatório até ao dia 31 de maio de 2020.

Ao contrário do inicialmente estipulado, as empresas que cessem atividade em data igual ou anterior a 31 de julho – e cujo prazo de entrega da IES referente a 2019 deve ser contado a partir de 1 de agosto de 2019, nos termos legalmente previstos – podem entregar a IES segundo o modelo atual, isto é, sem submissão prévia do SAF-T. Mas falta clarificar o porquê da entrada em vigor da obrigatoriedade.

No fundo, só na posse do ficheiro SAF-T (PT) da contabilidade de cada empresa, será possível à AT levar a cabo o pré-preenchimento dos anexos A e I (relativos aos elementos contabilísticos das empresas) da IES, situação que em muito se prevê, vá facilitar ainda mais a vida aos sujeitos passivos obrigados à sua entrega, já que vai traduzir-se numa poupança significativa de horas de trabalho na hora da submissão da declaração.

E qual é o papel do SVAT no meio disto tudo, pergunta você? Evitar erros no momento da submissão, reduzindo a possibilidade de incumprimento legal é o objetivo da AT. No fundo, o Selo de Validação AT é uma espécie de selo de qualidade (válido durante 24 meses contados a partir da data de atribuição), que vai atestar que o ficheiro SAF-T (PT) da contabilidade produzido pelo programa de contabilidade usado pela sua empresa é exportado corretamente, sem erros de estrutura e conteúdo. Só assim, será possível à AT pré-preencher a IES (sempre que não sejam respeitados os critérios de validação definidos pela AT, o ficheiro SAF-T (PT) relativo à contabilidade é rejeitado).

 

Apesar das possíveis vantagens inerentes, que passam, em última análise, pela simplificação das obrigações declarativas, o SVAT não é obrigatório. Certa sim é a obrigatoriedade da entrega do ficheiro SAFT-T (PT) da contabilidade e, sendo uma realidade já legislada e presente no quotidiano das empresas, não pode ser descurada. A extração de forma correta, atempada e completa do SAF-T (PT) deve ser uma preocupação crescente, que deve ser acautelada com a maior brevidade possível por si, enquanto gestor que se preocupa com a sua empresa.

17 Jun 2019

A CIBERSEGURANÇA NÃO TIRA FÉRIAS

Hacking e ataques dirigidos na origem de práticas anti competitivas nos negócios

Os hackers têm muitos meios para se infiltrarem nas empresas. No entanto, e a verdade é que muitos ataques não exigem um nível muito elevado de sofisticação tecnológica. Em vez disso, técnicas como engenharia social dirigida, ou seja, spear phishing, ou o uso de vulnerabilidades conhecidas para as quais podem já existir patches, mas as empresas ainda não fizeram as devidas atualizações, podem dar origem a danos de reputação, violações de dados e ter um impacto nas receitas.

Continuadamente em contacto com os clientes, verificamos que as grandes empresas apontam os ataques dirigidos e o hacking como dois dos seus maiores desafios de segurança, já que podem ter um sério impacto na continuidade da sua atividade e interferir diretamente nos negócios de uma empresa.

Os hackers têm muitos meios para se infiltrarem nas empresas. No entanto, e a verdade é que muitos ataques não exigem um nível muito elevado de sofisticação tecnológica. Em vez disso, técnicas como engenharia social dirigida, ou seja, spear phishing, ou o uso de vulnerabilidades conhecidas para as quais podem já existir patches, mas empresas ainda não fizeram as devidas atualizações, podem dar origem a danos de reputação, violações de dados e ter um impacto nas receitas.

Por outro lado, elevados níveis de sofisticação também podem ser aplicados, como no caso de um ataque Zero Day. O principal deles foi o Stuxnet, um ataque registado em que o código malicioso implementou com sucesso quatro vulnerabilidades zero-day para impedir um programa de enriquecimento de urânio no Irão e que, segundo a comunicação social, se tratava de um ataque patrocinado pelo Governo.

Existem muitos motivos pelos quais as organizações se tornam alvos repetidos. As suas contas bancárias têm mais recursos do que as de uma pessoa ou de uma pequena ou média empresa, e têm também quantidades consideráveis ​​de dados interessantes que podem ser transacionados. Os ataques dirigidos a empresas também podem ser usados ​​como uma forma de competição. Na maioria das vezes, está relacionada com a caça aos dados, ou seja, obter informações interessantes ou propriedade intelectual. Estes ataques podem ser acompanhados por chantagem. Por exemplo, uma base de dados de clientes é roubada de uma empresa e a questão que fica é mesmo sobre o que estarão dispostos a fazer para a recuperar, sendo explorada pelos hackers.

 

Diferentes maneiras de obter rendimento têm consequências diferentes

 

As empresas têm sempre dificuldades em admitir que foram vítimas de ataques informáticos. Consequentemente, isto pode dar a outras empresas a falsa impressão de que tais ataques acontecem apenas ocasionalmente. Um exemplo típico de ataques dirigidos, comuns nos últimos anos, são os ataques DDoS as a Service – ataques que são patrocinados por determinadas empresas para atacar o site de outro, com o objetivo de destruir negócios e afastar os clientes da empresa-alvo. Tratam-se de táticas criminosas, e os invasores sabem muito bem quais as áreas de negócios que podem atingir para a obtenção de maiores rendimentos.

Existem, claro, outras abordagens. Tomemos como exemplo o do Serviço Nacional de Saúde britânico, que se tornou um alvo frequente de ataques de ransomware. A digitalização dos serviços de saúde resultou numa situação em que a encriptação mal-intencionada de dados médicos pode levar a uma paralisação em intervenções médicas e cirurgias. Sob tais condições, as organizações-alvo são geralmente mais propensas a pagar um resgate pelos dados dos pacientes “sequestrados”.

Mesmo em pequenos países europeus, como a Eslováquia, os ataques concentram-se geralmente nos departamentos de contabilidade e finanças das empresas. Uma técnica documentada de spear phishing tem passado por abordar esses departamentos com um e-mail ou um SMS em nome do CFO da empresa, solicitando que o funcionário em questão pague uma fatura recebida de uma empresa fictícia. O dinheiro vai diretamente para a conta de uma empresa fictícia.

 

Abordagens inovadoras para truques antigos

 

Em muitas áreas rurais por todo o mundo, basta uma olhadela pelas empresas de energia para ficar exposta a facilidade com que se fazem ligações ilegais à rede elétrica naquelas regiões. Ultimamente, os hackers seguem um modelo semelhante, concentrando os seus recursos na mineração ilegal de várias criptomoedas, que provaram ser altamente populares no imaginário do público.

Um exemplo mais complexo foi de um ataque dirigido ao StatCounter, que fornece um serviço muito semelhante ao Google Analytics e usa um script especial, legitimamente colocado em sites para obter dados sobre os visitantes do site. Neste caso, os hackers violaram com sucesso o StatCounter e, subsequentemente, obtiveram acesso aos utilizadores finais do serviço, injetando código JavaScript em todos os sites que usam o serviço do StatCounter.

O verdadeiro problema surgiu quando os visitantes navegaram nos sites agora comprometidos que continham o script infetado e, de seguida, os seus dispositivos começaram a minerar secretamente bitcoins. Num segundo estágio, os hackers roubavam bitcoins diretamente dos dispositivos infetados, quando tentavam aceder a uma normal troca de criptomoedas. Para se ter uma ideia da escala de tal operação, o StatCounter pode ser encontrado em mais de dois milhões de sites.

Tal ataque significa que os recursos do sistema de dispositivos infetados na empresa que utilizam legitimamente o serviço são adicionalmente responsáveis pela mineração. Isto pode não se referir apenas a computadores, mas também a dispositivos móveis e especialmente a servidores ligados à rede. A mineração de criptomoedas subsequente acelera o desgaste dos dispositivos e também aumenta as contas de eletricidade. Além disso, não devemos esquecer que o código malicioso de encriptação geralmente é capaz de carregar outro tipo de scripts mal-intencionados na rede.

 

Investigações podem levar meses e é como “procurar uma agulha num palheiro”

 

Quando uma grande empresa é vítima de tal ataque, é necessário realizar uma investigação complexa sobre o que aconteceu e perceber de que forma a empresa foi afetada. Investigações mostram que demora cerca de 150 a 200 dias para que as empresas descubram que estão infetadas. Outras pesquisas sobre o método pelo qual a empresa foi infetada e qual a origem do código malicioso poderá levar ainda mais tempo.

Enfrentando riscos tão substanciais, grandes empresas devem utilizar soluções como o ESET Dynamic Threat Defense para detetar ameaças inéditas e ferramentas EDR como o ESET Enterprise Inspector (EEI) para monitorizar todos os dados da rede da empresa coletados pelo ESET Endpoint Security e executar análises de longo prazo desses dados num contexto mais amplo da empresa. O EEI é uma ferramenta para análise forense retrospetiva, e fornece à empresa afetada informações sobre o mecanismo utilizado e o momento em que a infeção foi iniciada.

 

Procura crescente de ferramentas forenses para investigar a segurança da rede

 

A ESET tem vindo a assistir a uma grande procura por produtos de segurança capazes de detetar anomalias na rede. Isto não se refere apenas a anomalias no comportamento de aplicações na rede, mas também ao comportamento de pessoas ativas na rede. Posteriormente, cabe a um especialista em segurança avaliar as informações para descobrir se tais ações estão a ter um impacto negativo na rede. Independentemente da sofisticação, ataques bem-sucedidos são geralmente bem concebidos. “Primeiro, pode ver uma pequena dica ou indicação, que aparece na rede. Pode permanecer ocioso por um longo tempo. No entanto, o seu relógio interno acabará por comunicar que é o momento certo para se ligar ao seu servidor de controlo”, explica Michal Jankech, Principal Gestor de Produto da ESET. “Esta é uma das razões pelas quais é tão complicado descobrir o que causou uma infeção na empresa”.

Agora, graças ao software EDR especializado, a empresa é capaz de identificar ficheiros executáveis ​​desconhecidos que apareceram na sua rede, e se estão a comunicar com um servidor num país onde a empresa não tem relações comerciais. Avaliar e filtrar esses distúrbios é uma tarefa crítica, embora difícil. Se não for monitorizada, algo poderá passar e representar um perigo para a empresa.

“Hoje em dia, todos clientes exigem ter uma visão melhor da sua rede. Trabalham sob a suposição de que nenhuma prevenção é 100% segura e querem saber onde deve recair a sua atenção”, acrescenta Jankech. O ESET Enterprise Inspector, faz parte de um pacote especial de proteção empresarial chamado ESET Targeted Attack Protection, foi projetado para proteger as empresas contra ataques dirigidos e ameaças persistentes. Com gestão a partir de uma única consola, a solução fornece uma visão abrangente que é necessária para uma proteção efetiva de uma rede empresarial.

10 Jun 2019

CONHEÇA AS PRINCIPAIS NOVIDADES DA VERSÃO 25 DO PHC

Entramos numa nova era digital. A versão 25 vem com mais de 50 novas funcionalidades que tornarão a gestão dos negócios ainda mais completa e inovadora colocando o cliente no centro das atenções e conferindo alta velocidade aos seus negócios sem esquecer a garantia do cumprimento das obrigações legais.

Mostramos um resumo das principais funcionalidades desta versão. Vamos conhecê-las.

PHC NOTIFY

E se recebesse uma notificação no seu smartphone ou tablet de cada vez que tem de aprovar uma compra, acompanhar o estado de um negócio ou até, quando que lhe atribuem uma responsabilidade ou tarefa num projeto em que está inserido ou sempre que um colaborador introduz uma despesa para aprovar?

Já pode descarregar a nova App PHC Notify, disponível para Android ou IOS, e começar já hoje a usufruir desta nova funcionalidade.

GESTÃO DA EMPRESA MAIS AVANÇADA

Pagamento a fornecedores simplificado:

Com a verão 25 é possível, onde e quando quiser, liquidar, de uma só vez, várias faturas de compra, com a possibilidade de efetuar de imediato a transferência bancária correspondente ao valor em dívida.

Reconciliações Bancárias otimizadas:

É agora possível executar esta tarefa no dispositivo móvel, de forma simples e em qualquer altura, permitindo aumentar a produtividade dos seus colaboradores.

MB Way no POS

Aumente as vendas da sua loja e melhore a experiência de compra dos seus clientes, disponibilizando um dos mais práticos métodos de pagamento.

CUMPRIMENTO DE OBRIGAÇÕES LEGAIS FACILITADO

Fatura Eletrónica na contratação pública

Pode a partir desta versão cumprir com esta obrigação sem esforço e beneficiar do descanso de utilizar um software devidamente preparado para responder facilmente à nova imposição da legislação europeia.  Clique aqui para saber mais Informações sobre a fatura eletrónica.

Produção de mapas de gestão em web

É agora mais fácil produzir os mapas fiscais como o Modelo 22 e a IES onde e quando quiser, de forma simples e rápida, com a possibilidade de incluir anexos e efetuar alterações aos valores apresentados.

e-TaxFree com ligação à Global Blue

Com esta funcionalidade pode ver-se livre da carga administrativa associada ao reembolso do IVA em compras feitas por clientes estrangeiros com residência fora da EU. A comunicação é feita em tempo real, permitindo tornar mais célere o processo de reembolso melhorando o serviço prestado aos seus clientes.

06 Jan 2019

CONTROLO FINANCEIRO COMPLETO E INTEGRADO COM PHC.

Sabemos que a gestão financeira é uma das áreas mais importantes da administração da empresa e que traz com ela processos muito morosos e complicados.

Para o ajudarmos a reduzir o tempo perdido nestas tarefas contamos com o PHC CS e a nossa experiência onde temos como objetivo ajudar a sua empresa a alcançar uma distinta gestão financeira com o controlo total sobre todos os dados fiscais e respetivos relatórios.

Queremos ainda possibilitar a gestão e monitorização do desempenho da sua empresa e garantir o cumprimento das obrigações legais.

Com o software para gestão financeira, automatiza e agiliza os seus processos financeiros com ferramentas avançadas que tornam mais simples e mais rápido cumprir as complexas exigências legislativas e acompanhar o desempenho financeiro da sua empresa.

FUNCIONALIDADES PARA SIMPLIFICAR O SEU DIA-A-DIA COM UMA GESTÃO EFICAZ DA SUA EMPRESA

Gestão completa de centros analíticos;
Planos de contas flexíveis, segundo as normas legais de cada organização;
Contabilidade geral, analítica e orçamental;
Lançamentos pré-definidos;
Controlo orçamental;
Exportação dos seus dados e listagens para vários formatos;
Declaração Periódica de IVA, Anexos às Regularizações dos Campos 40 e 41, Declaração Recapitulativa e Reembolso de IVA;
Produção do ficheiro SAF-T- PT Contabilidade;
Fecho de contas e apuramento de resultados;
Reconciliação Bancária;
Demonstrações financeiras anuais, mensais e comparativas;
Mapas de gestão, rácios e indicadores financeiros;
Lançamentos e duplicação de documentos em segundos;
Software multiempresa, sem limite de número;
Acesso em vários ambientes e dispositivos;
Produção dos seus Mapas fiscais obrigatórios;
Controlo total dos ativos;
Controlo completo das letras a receber e a pagar;
Execução da consolidação contabilística de grupos de empresas;
Reporting Financeiro em Excel, com todas as análises financeiras.

FUNCIONALIDADES PARA SIMPLIFICAR O SEU DIA-A-DIA COM UMA GESTÃO EFICAZ DA SUA EMPRESA

Gestão completa de centros analíticos;
Planos de contas flexíveis, segundo as normas legais de cada organização;
Contabilidade geral, analítica e orçamental;
Lançamentos pré-definidos;
Controlo orçamental;
Exportação dos seus dados e listagens para vários formatos;
Declaração Periódica de IVA, Anexos às Regularizações dos Campos 40 e 41, Declaração Recapitulativa e Reembolso de IVA;
Produção do ficheiro SAF-T- PT Contabilidade;
Fecho de contas e apuramento de resultados;
Reconciliação Bancária;
Demonstrações financeiras anuais, mensais e comparativas;
Mapas de gestão, rácios e indicadores financeiros;
Lançamentos e duplicação de documentos em segundos;
Software multiempresa, sem limite de número;
Acesso em vários ambientes e dispositivos;
Produção dos seus Mapas fiscais obrigatórios;
Controlo total dos ativos;
Controlo completo das letras a receber e a pagar;
Execução da consolidação contabilística de grupos de empresas;
Reporting Financeiro em Excel, com todas as análises financeiras.